Música

A maioria das coisas que eu ouço são em inglês. Não é preconceito com o português, bem longe disso: amo a minha origem. É questão de gosto mesmo, mas Jesus também é brasileiro (ou português, sei que muitos portugueses também passam por aqui).

Há muito tempo vocês vem pedindo músicas nacionais e, finalmente, essa playlist saiu!

Nem só de inglês o homem viverá

Mas de toda palavra que procede da boca de Deus e de toda música que a gente pode escutar todo dia pra Ele (rs).

Tem alguma nacional que você ama muito e não viu aqui? Conta pra mim, porque sou a louca que ama ouvir músicas novas!

30 de novembro de 2016 17 comentários
28 Facebook Twitter Google + Pinterest

Poucas vezes na vida me senti tão confrontada e, ao mesmo tempo, confortada. Os últimos tempos têm sido bombardeados de decepções, dilemas e conflitos internos e preciso compartilhar as coisas que o clipe que mais me descreveu na vida toda despertaram dentro de mim.

Sou uma pessoa que aprende na marra. Quando era pequena, minha mãe sempre me falava pra não mexer no fogão porque não tinha experiência e ele me queimaria. Eu nunca fui de fácil com essa coisa de receber ordens e, por isso, mexi. O resultado foi uma cicatriz que carrego na mão esquerda até hoje, e ela me faz lembrar todos os dias que mexer no fogo é delicado e precisa de cuidado. Sou como uma criança que está aprendendo a andar e cai, torce o pé, essas coisas.

Desde que a minha nova vida começou não foi diferente.

Meus vasos.

Já me deslumbrei com muitas coisas (e pessoas) e, mesmo sendo alertada, caí nessas armadilhas simples e previsíveis. Já depositei grandes expectativas em ideias e ideologias que me frustraram de maneira sobrenatural. Já cheguei a pensar que era boa o suficiente para fazer coisas por mim mesma. Já senti orgulho das coisas que fiz “com as minhas próprias mãos”. Já enchi as minhas mãos de trabalho, e meu coração de vento.

Quando, aos prantos, percebi tudo o que Ele fez (e faz) em mim costumeiramente descrito no simples clipe de uma música. Dê o play, por favor.

Jesus, seja o centro da minha vida do início ao fim.

Se você conhecesse a intensidade do meu coração quando pronuncio essas palavras entenderia o que quero dizer. É por isso que, não importa o que eu faça sei que só Ele conhece todas as coisas. Não é o que expresso e nem como, Ele conhece.

11 de novembro de 2016 12 comentários
76 Facebook Twitter Google + Pinterest

Se você me acompanha nas redes, sabe que eu não sei viver sem música e sabe, também, que sou apaixonada pelas mais arrastadas e cheias de sinceridade. Eis que encontro, então, o United Pursuit. Bem, eu não sei de onde surgiu… mas sei que essa banda tomou o meu coração.  Eles gravaram um álbum em 2010 chamado “Live at The Banks House” e essa semana ele foi a trilha sonora dos meus dias.

Okay.

Nothing I hold on to.

Essa música provoca muitas coisas no meu coração (especialmente por conta da letra dela). Uma coisa que eu costumo fazer de vez em quando é orar músicas. Tenho coisas diferentonas com Deus, acho que você pode gostar de fazer o mesmo. É quase como orar a Palavra (é claro que nada se compara a orar a Palavra), e pode te fazer enxergar as coisas que você escuta de um jeito bem diferente. Vou começar a trazer coisas assim pra gente, então, vá se acostumando.

 

I lean not on my own understanding
My life is in the hands of the maker of heaven.

Eu não confio no meu próprio entendimento
Minha vida está nas mãos do criador do céu

Não confio. O meu entendimento é completamente limitado. Não sei sequer o que há de acontecer daqui 10 minutos! UAU! Como posso querer andar sozinha? Aprendi a me abandonar nas mãos Daquele que escreveu cada um dos meus dias. Que tem planos muito maiores, que olha pra eternidade. Como não confiar nesse amor? O Cara criou o céu! Ele pôs cada uma das estrelas no seu lugar e um Sol, e uma lua, e nuvenzinhas e.. E… Que palavras conseguem definir uma coisa dessas?

I give it all to you, God
Trusting that you’ll make something beautiful out of me

Tudo dou para ti, Deus
Confiando que você vai fazer algo bonito vindo de mim

Esse verso… Ah! Esse verso! Ele vem ao encontro do último texto que escrevi aqui. Não sou eu quem pode fazer algo bonito de mim: só Deus. Por isso aprendi a abandonar todas as coisas nas mãos do único que pode fazer alguma coisa bonita com qualquer coisa.

There’s nothing I hold on to.
I will climb this mountain with my hands wide open!

Eu não me seguro em nada.
Vou escalar esta montanha com as mãos bem abertas!

UAU! O Espírito Santo chegou de sola nesse verso! Sim! Você já experimentou escalar um lugar íngreme sem segurar-se em absolutamente nada? Eu já. É desesperador porque parece que você vai se dar muito mal a qualquer instante e rolar morro abaixo. E é isso que Deus quer que façamos. A fé é a certeza de que, mesmo sabendo que somos incapazes de fazer as coisas sozinhos, temos alguém que nos ama e nos ampara a todo momento. Lindo!

Quando Jesus disse pra orarmos sem cessar (1Ts 5:17) Ele não quis dizer pra orarmos somente com as nossas palavras e nosso entendimento limitado. Ele quis dizer pra orarmos em todos os lugares e de todas as formas. A vida de oração é assim. Quebra tudo, Jesus!

19 de agosto de 2016 8 comentários
24 Facebook Twitter Google + Pinterest

Faz muito tempo que não faço um post lindo e recheado de novidades musicais. Os últimos tempos foram repletos de achados e descobertas virtuosas de tirar o fôlego, confesso que escolher 4 bandas e músicas não foi nada fácil, mas posso trazer mais posts desse gênero, se vocês quiserem (comentem aqui ou nas redes sociais sobre o que acham!).

Tenho tantas playlists no spotify que já nem sei escolher qual a minha favorita, mas ouvir certas coisas tem transformado o meu dia a dia. A playlist de hoje é cheia de músicas que me aproximam de um jeito muito especial de Jesus e espero muito que vocês descubram coisas incríveis aqui.

// Pieces (Bethel Music)

Se eles não estivessem aqui, estranho seria. O álbum todo “Have it All” roubou o meu coração e escolher uma só foi tarefa muito difícil (pra aliviar, vou indicar outra que gosto muito que se chama “Colors“, e é mais adoração espontânea). A letra de Pieces é uma das mais bonitas que já tive o prazer de ouvir (quando ler a tradução vai entender do que eu estou falando).

// Simple Gospel (United Pursuit)

I will rejoice in the simple gospel. I will rejoice in you, Looooooooord! Esse é o tipo de música que me enche de esperança. Que me dá vontade de colar a cara no chão e viver aprofundada na intimidade com o Abba.

// Ser Mudado (One Ministry)

Queria começar falando desse ministério pedindo desculpas aos meus amigos porque eu definitivamente esgotei a paciência deles pra que escutassem as músicas do One. Desde que conheci, não tem um dia sequer que passe sem que eu ouça pelo ou menos uma das músicas deles. Eles chegaram na essência da intimidade e da adoração e é impossível que você não sinta vontade de correr e bater a cabeça no canto da mesa de tão apaixonado pelo Papi. Eles ainda não estão no spotify, mas se estivessem, teriam todas as músicas na minha playlist lá.

// Só quero ver Você (Laura Souguellis & Filipe 202Hitzschky)

Você talvez não conheça a Marina, mas foi ela quem me apresentou essa música. Marina, amo você 3x mais depois dessa. Não parei de ouvir. Tem uma das letras mais lindas que eu já escutei nas músicas brasileiras. Agradeço todos os dias por essa <3 Também não tá no spotify, mas <3

// Senhor, Te amo (Ton Molinari)

Essa música foi tema de uma das minhas maiores experiências com Deus. Ela consegue me tocar no fundo da alma e me põe em conexão com meu Pai de um jeito muito especial… Espero que com você também <3


Você encontra a playlist Yeshua completa (e em construção) lá no spotify. Tenho outras mil lá também mas, se você quiser uma indicação além dessa, ouça a playlist descobertas virtuosas. Você tem alguma indicação lindíssima pra mim?

15 de agosto de 2016 8 comentários
19 Facebook Twitter Google + Pinterest

Se tem coisa que eu mais faço no youtube nessa minha vida, essa coisa é assistir pregações e ministrações. Seja em inglês ou português, existem palavras que tocam no fundo da minh’alma. Bethel, Hillsong, Laura Souguellis e muitos outros ministérios tem abençoado a minha vida de um jeito impressionante. Foi muito difícil escolher 3, mas tenho certeza de que de uma forma ou de outra algumas delas vai falar ao seu coração.

  1. King of my Heart (Bethel Music)

Essa é a minha favorita de longe. A Stefany Gretzinger é uma nas minhas ministradoras favoritas no ministério da Bethel (junto com o Jeremy Riddle) e espero muito poder assisti-los um dia. Dessa música, existem 2 versões disponíveis online, mas essa é a minha favorita. Nela, ela começa falando que todos nascemos com asas, e não precisamos ter medo de voar. Essa ministração com adoração espontânea de King of my Heart é um presente dos céus na minha vida, e eu quero muito que você ouça.

14 de março de 2016 4 comentários
27 Facebook Twitter Google + Pinterest

Janeiro foi o mês das descobertas musicais maravilhosas. Confesso que sempre fui a que ouviu as mesmas músicas um zilhão de vezes, mas conheci tanta coisa legal (e uma atrás da outra) que “descobrir novas músicas” virou um novo vício pelas bandas do lado de cá. As músicas dessa lista são cristãs, e eu confesso que fiquei impressionada com a quantidade de coisas lindas que existem pra nos fazer sentir cada dia mais pertinho do Papi. Desenvolvi uma playlist no spotify (chamei ela de “orvalho”) com as minhas favoritas dos últimos tempos, mas também tenho outra (clique aqui) com descobertas lindas de viver. Vamos lá?

1. O Ministério da Igreja Monte Sião
A Monte Sião é uma igreja que quero muito visitar em SP, e os pastores são os mesmos que estão à frente do Movimento Dunamis (quem não ama, né?). O Ministério deles contempla vozes e instrumentistas maravilhosos (como Sozo, Zoe Lilly e muitos outros) e a minha vida tem sido muito abençoada por todas as músicas. É incrível toda a atmosfera de amor que eles criam em todas s melodias. É muito difícil pra mim escolher as minhas favoritas, porque o CD inteiro é perfeito, mas vou colar aqui as que mais tocam o meu coraçãozinho.


2. Josh Garrels
A voz do Josh é de arrepiar. Ele canta coisas lindíssimas, e quase não tenho palavras para descrevê-lo. As músicas dele combinam o folk tradicional com outros elementos musicais e ele explora o tema Cristão de um jeito lindíssimo.


3. Gabriel Guedes
Uma amiga linda e maravilhosa me apresentou o Gabriel e eu me apaixonei por todas as músicas do moço (com um pouco de influência dela também, mas vou fazer o que). Vou apresentar vocês pra essa lindeza de Deus (não falo do moço, por favor entendam, mas dos louvores lindões).

4. Guilherme Andrade & Guilherme Iamarino
O Projeto Sola é lindo de viver. É um álbum acústico cheio de letras que tocam o coração de todo o ser vivo que respira, rs. Toda a vez que ouço, me lembro de que nasci pra louvar a Deus em todo o tempo.

Tem tanta música linda nesse mundo, e as mais bonitas são todas dedicadas a Ele. No meu spotify tem umas mil playlist se você quiser saber o que ando ouvindo, mas atenção: você corre muito riscos em ter o seu coraçãozinho arrebatado <3

2 de fevereiro de 2016 4 comentários
10 Facebook Twitter Google + Pinterest

2015 terminou, mas ele me trouxe muitas coisas boas no assunto “música”, e um apanhado das coisas que descobri estão na playlist de hoje. Tenho isso de montar playlists pra momentos, pessoas e situações e é engraçado como essas listas nos fazem viajar no tempo se você, por exemplo, ouvir hoje uma playlist que fez há 5 meses atrás.

Mudando de assunto, o grande destaque da beca  é o Paolo Nutini (o moço da foto). Já tinha escutado uma vez, mas descobri que comecei pela música errada. Você precisa começar ouvindo as coisas certas quando quer descobrir um artista novo, não é mesmo?

1. Candy – Paolo Nutini

Na playlist você encontra outras músicas maravilhosas que não consigo parar de escutar do Paolo. Apesar do nome Italiano, ele é escocês. O estilo do moço é tão bom pra ouvir que se você puser todas as músicas dele no shuffle, quando vê, já ouviu praticamente todas. Ele tem influências incríveis (aka David Bowie, Oasis, the Beatles, U2, Pink Floyd e por aí vai) e eu duvido você não se apaixonar.

5 de janeiro de 2016 2 comentários
6 Facebook Twitter Google + Pinterest

Tenho recebido muitos pedidos pra fazer uma lista das minhas músicas e bandas cristãs favoritas… Criei uma playlist linda com as músicas que tenho descoberto através do Spotify e dos meus amigos, e sinto que preciso compartilhar essas coisas com vocês. Algumas não estão disponíveis no site, então mostro pra vocês aqui. No meu perfil montei diversas playlists pra diferentes estados de espírito, então se quiser dar uma passadinha lá é só clicar aqui. Maaaaaaaaaaaas, nesse post quero mostrar 5 músicas/bandas que têm me inspirado de uma maneira lindíssima. Eu tenho certeza que você vai amar!

 1. Rend Collective

Os irlandeses ganharam o meu coração nos últimos meses. Confesso que ando apaixonadíssima pela musica cristã internacional e eles têm a atenção dos meus ouvidos de maneira muito especial. Não só pelo estilo e melodias incríveis, mas também pelas letras: é uma mais linda que a outra! Da irlanda, diretamente pro seu e pro meu coraçãozinho.

2. Laura Souguellis

Eu tenho uma dorzinha no meu coração e, Lau, se um dia você ler isso: grava suas músicas e corre colocar no Spotify, mulher! Ela gravou o fornalha, evento do movimento Dunamis. A Lau é muito iluminada. Ela traduz músicas da gringa com de maneira muito especial, mas alguém já parou pra ouvir as composições dela? Sou apaixonada pela música “Em Teus braços” e confesso que ela foi o meu refúgio num tempo bem difícil da minha vida. Você já deve conhecer mas, de qualquer forma, eu preciso mostrar essa lindeza pro mundo inteirinho!

3. Hillsong United

Essa vocês já sabiam. Não tenho nem o que dizer. Sério (e nem me peçam pra falar dessa música que eu já começo a chorar).

 

21 de dezembro de 2015 10 comentários
16 Facebook Twitter Google + Pinterest