Tag:

United Pursuit

Quando pensei que havia entendido o amor de Deus por mim e aceito, de uma vez por todas, a percepção de que fui feita para o Criador, foi que eu percebi que esse entendimento necessitava de muito mais que apenas informação. E eu falo aqui de revelação. Desde então eu passei a caçar isso com todas as minhas forças. Em minhas orações eu clamava por essa revelação. Eu precisava reconhecer o quão amada eu era pelo Senhor. Até que Ele me mostrou uma parcela. Uma pequena parte. Algo completamente insignificante se comparado à real proporção dos sentimentos escondidos em Seu coração, mas foi o suficiente para balançar completamente as minhas estruturas.

Vou te confessar que é muito difícil organizar uma coisa dessas em palavras. Não sei explicar o gosto de algo com fidelidade, a não ser que você experimente esse algo (e que quando você experimenta, então, com lágrimas nos olhos, olha pra mim e diz “agora eu sei do que você estava falando todo esse tempo”).

26 de março de 2018 0 comentário
253 Facebook Twitter Google + Pinterest

Eu fico perdida sem Você. Não existe vida sem sentir o Seu respirar e eu já estou enlouquecendo. Você pode me ouvir? 

Você sempre diz que está por perto, portanto ouça: nem em mil anos eu conseguiria imaginar uma realidade sem o Teu doce amor. Eu entendo o seu silêncio, entendo que nada mais pode importar. Entendo que preciso depender, mas por favor me diga alguma coisa. É difícil respirar longe de Você. É difícil caminhar, os meus ossos estão doendo. Eu não vou me entregar, está me ouvindo?

Olho pro lado e só vejo o árido, Deus. Olho pra frente e não vejo o fim… Tenho sede, tenho fome. Corro sem parar, mas minhas pernas estão pesadas. Não sei pra que lado andar, o Sol me cega. Tenho sede, meus lábios estão secos. Já me mostraram tanta coisa, já vi tanta miragem… Por favor, não permita que eu me corrompa. A insanidade tomou conta de mim e me esqueci como é pensar racionalmente sobre as coisas.

Vi um leão.

Enquanto caminhava um leão me encontrou, era Você? Quase implorei pra que ele me devorasse, Pai, mas ele só sabia me observar e rugir. Ele chegou perto o suficiente pra me ouvir chorar. Será que sentiu pena da minha limitação? Ele tinha os seus olhos, eu acho. Não sei distinguir, meus olhos já não são os mesmos.

Você é o amor da minha vida, é tudo o que eu tenho. Olha pra mim e embala meus pés na Tua canção mais uma vez. Tira a venda dos meus olhos, abre os meus ouvidos. Você pode me ouvir?

Eu me rendo. Estou completamente entregue à minha incapacidade de não conseguir mais viver sem Você. Eu não quero me corromper. Não vou. Olha pra mim, Deus. Só tenho cacos de mim e não sei o que fazer com eles. Mestre, Você é tudo o que eu preciso.

Olha pra mim, Deus. me dá os Teus olhos pra que eu possa enxergar mais uma vez. Eu estou cega. A vida não tem brilho. Não sou nada além de pó, Pai. Longe de você fico perdida. Sopra sobre os ossos secos que restaram aqui. Sem você não existe vida.

Não peço para que me tires daqui, mas para que me sustentes. Como Jesus, que depois de sair do Jordão foi levado ao deserto. Toda glória ao Teu nome, meu único e eterno Salvador.

Você pode me ouvir? Eu preciso de Você. Dá-me de beber.

25 de novembro de 2016 11 comentários
39 Facebook Twitter Google + Pinterest


 

Eu sou eternamente grata por ter sido salva de mim mesma. Vou te contar um pouco sobre como as coisas funcionavam por aqui antes de, finalmente, encontrar o amor incondicional de Jesus Cristo, o filho do Deus vivo.

Eu não era feliz, definitivamente não era. Me sentia presa às pessoas ao meu redor e aos seus pré-julgamentos (que eu sequer ouvia) sobre tudo o que estava relacionado a mim. Sabe, eu não me amava. O que via no espelho não era nem perto do que sonhava ser (e eu sonhava ser como a Megan Fox).

A prisão

Você sabe o que é viver preso às pessoas? Essa foi a maior obra do meu Pai no meu coração. Não era saudável, não era feliz. Necessitar da aceitação dos outros era agonizante e fez com que eu perdesse completamente minha identidade.

Roberta não tinha gosto pessoal, cor favorita, opinião. Roberta não dizia o que sentia ou pensava com medo de ser rejeitada: ela chorava só de pensar em escutar um “não”. Era a melhor da classe, não podia tirar notas ruins. Quando você perguntava pra ela “o que você acha?” ela tremia. Quando você dizia que escutava sertanejo, ela dizia que também fazia isso (mesmo detestando).

As pessoas nunca disseram que ela não era capaz, nunca oprimiram suas ideias: elas conheciam a Roberta que as agradava (e Roberta não tinha inimigos)(e só de pensar nisso, ela tremia). Ela ouvia vozes criminosas dentro da própria cabeça e essas mesmas vozes diziam que ela não era linda. Que ela não poderia algum dia ser feliz, porque não merecia.

Meu Deus, eu estou chorando muito.

Ela não merecia. Ela não podia. Ela não era capaz. Ela não podia sonhar, porque seus sonhos nunca se concretizariam. Meu Deus, ela tinha medo de viver a vida inteira sozinha. Ela não era segura de nada, não abria a boca pra nada, nunca mostrava o que sentia.

Meu Deus.

E Jesus veio.

Meu Deus.

E Ele disse quem ela era. Disse das coisas que Ele era capaz de fazer dentro do seu coração. E Jesus pôs brilho nos seus olhos e sonhos no seu coração. Ele disse que ela era amada, e ela passou a amar.

Meu Deus.

Existem muitas pessoas hoje do jeito que eu estava. E o Pai está maluco pra te fazer ouvir todas as coisas que Ele pensa sobre você. Que você é um sonho, e não há ninguém como você. Que não importa o que os outros pensem, Ele amou. Ama. Amará pra sempre. Que era o seu nome que ele pensava quando estava preso no madeiro. Que era a sua face que Ele tinha na cabeça quando venceu a morte.

Que você pode vencer, porque Ele venceu.

Não é o que as pessoas dizem, mas o que Ele diz.

6 de outubro de 2016 17 comentários
66 Facebook Twitter Google + Pinterest

Conhecer Jesus é simples. O evangelho inteiro é simples. Ele fala de um relacionamento de amor entre filhos perdidos e sedentos do amor de um Pai que, desde o princípio, só queria saber de ouvir o som da voz daqueles a quem amou de modo sobrenatural.

O mundo diz que você não é bom o bastante. Que você precisa se sentir envergonhado. Ele diz que você precisa ser perfeito. Que se fizer algo que não se encaixa nos seus padrões de regras, você não é aceito. O mundo criou uma caixa e disse que Deus era desse jeito. “Se você não é assim, então você não merece sequer migalhas“, eles dizem. E mentem. E não existem mentiras que possam te separar do seu Pai.

Qual é a verdade? Que se você se arrepende de verdade e se rende completamente aos pés do seu Abba, Ele te ouve. Ele fala. Ele se alegra.

Eu não sei você, mas eu quero conhecer Jesus. Quero conhecê-lo como a um amigo. Quero andar com Ele e ver as coisas que Ele faz. Não quero que os outros me digam o que eu devo ou não fazer: eu quero ser como Ele é e fazer as coisas que Ele faz. A atenção exagerada que a igreja coloca nas regras faz com que nós mesmos nos impeçamos de nos perdoar. Deixa eu te contar um segredo: Jesus morreu pelo seu pecado antes de você fazê-lo. Isso te contrange? A mim muito. E é por isso que o pecado não me atrai. Porque ele faz o coração do Meu Amado chorar, e eu só quero ouvir o som das gargalhadas de Jesus. Não é porque as pessoas ao meu redor dizem que não é certo, mas porque ele me ensinou o que é ou não é certo.

Eu abro mão de quem sou pra conhecer o Seu coração.

Eu abro mão das minhas experiências, das coisas que já aprendi sobre a vida. Eu não sei de nada! Absolutamente nada! Coloco o que sou e sei de lado pra que Ele me dê todas as coisas novas: mente, coração, tudo. Eu abro mão da minha religião. Eu vou onde Jesus está e Ele vai comigo pra qualquer lugar. Sandálias do evangelho, coração de amigo.

Jesus é uma pessoa, não um conjunto de regras.

5 de setembro de 2016 7 comentários
40 Facebook Twitter Google + Pinterest

Se você me acompanha nas redes, sabe que eu não sei viver sem música e sabe, também, que sou apaixonada pelas mais arrastadas e cheias de sinceridade. Eis que encontro, então, o United Pursuit. Bem, eu não sei de onde surgiu… mas sei que essa banda tomou o meu coração.  Eles gravaram um álbum em 2010 chamado “Live at The Banks House” e essa semana ele foi a trilha sonora dos meus dias.

Okay.

Nothing I hold on to.

Essa música provoca muitas coisas no meu coração (especialmente por conta da letra dela). Uma coisa que eu costumo fazer de vez em quando é orar músicas. Tenho coisas diferentonas com Deus, acho que você pode gostar de fazer o mesmo. É quase como orar a Palavra (é claro que nada se compara a orar a Palavra), e pode te fazer enxergar as coisas que você escuta de um jeito bem diferente. Vou começar a trazer coisas assim pra gente, então, vá se acostumando.

 

I lean not on my own understanding
My life is in the hands of the maker of heaven.

Eu não confio no meu próprio entendimento
Minha vida está nas mãos do criador do céu

Não confio. O meu entendimento é completamente limitado. Não sei sequer o que há de acontecer daqui 10 minutos! UAU! Como posso querer andar sozinha? Aprendi a me abandonar nas mãos Daquele que escreveu cada um dos meus dias. Que tem planos muito maiores, que olha pra eternidade. Como não confiar nesse amor? O Cara criou o céu! Ele pôs cada uma das estrelas no seu lugar e um Sol, e uma lua, e nuvenzinhas e.. E… Que palavras conseguem definir uma coisa dessas?

I give it all to you, God
Trusting that you’ll make something beautiful out of me

Tudo dou para ti, Deus
Confiando que você vai fazer algo bonito vindo de mim

Esse verso… Ah! Esse verso! Ele vem ao encontro do último texto que escrevi aqui. Não sou eu quem pode fazer algo bonito de mim: só Deus. Por isso aprendi a abandonar todas as coisas nas mãos do único que pode fazer alguma coisa bonita com qualquer coisa.

There’s nothing I hold on to.
I will climb this mountain with my hands wide open!

Eu não me seguro em nada.
Vou escalar esta montanha com as mãos bem abertas!

UAU! O Espírito Santo chegou de sola nesse verso! Sim! Você já experimentou escalar um lugar íngreme sem segurar-se em absolutamente nada? Eu já. É desesperador porque parece que você vai se dar muito mal a qualquer instante e rolar morro abaixo. E é isso que Deus quer que façamos. A fé é a certeza de que, mesmo sabendo que somos incapazes de fazer as coisas sozinhos, temos alguém que nos ama e nos ampara a todo momento. Lindo!

Quando Jesus disse pra orarmos sem cessar (1Ts 5:17) Ele não quis dizer pra orarmos somente com as nossas palavras e nosso entendimento limitado. Ele quis dizer pra orarmos em todos os lugares e de todas as formas. A vida de oração é assim. Quebra tudo, Jesus!

19 de agosto de 2016 8 comentários
22 Facebook Twitter Google + Pinterest

Faz muito tempo que não faço um post lindo e recheado de novidades musicais. Os últimos tempos foram repletos de achados e descobertas virtuosas de tirar o fôlego, confesso que escolher 4 bandas e músicas não foi nada fácil, mas posso trazer mais posts desse gênero, se vocês quiserem (comentem aqui ou nas redes sociais sobre o que acham!).

Tenho tantas playlists no spotify que já nem sei escolher qual a minha favorita, mas ouvir certas coisas tem transformado o meu dia a dia. A playlist de hoje é cheia de músicas que me aproximam de um jeito muito especial de Jesus e espero muito que vocês descubram coisas incríveis aqui.

// Pieces (Bethel Music)

Se eles não estivessem aqui, estranho seria. O álbum todo “Have it All” roubou o meu coração e escolher uma só foi tarefa muito difícil (pra aliviar, vou indicar outra que gosto muito que se chama “Colors“, e é mais adoração espontânea). A letra de Pieces é uma das mais bonitas que já tive o prazer de ouvir (quando ler a tradução vai entender do que eu estou falando).

// Simple Gospel (United Pursuit)

I will rejoice in the simple gospel. I will rejoice in you, Looooooooord! Esse é o tipo de música que me enche de esperança. Que me dá vontade de colar a cara no chão e viver aprofundada na intimidade com o Abba.

// Ser Mudado (One Ministry)

Queria começar falando desse ministério pedindo desculpas aos meus amigos porque eu definitivamente esgotei a paciência deles pra que escutassem as músicas do One. Desde que conheci, não tem um dia sequer que passe sem que eu ouça pelo ou menos uma das músicas deles. Eles chegaram na essência da intimidade e da adoração e é impossível que você não sinta vontade de correr e bater a cabeça no canto da mesa de tão apaixonado pelo Papi. Eles ainda não estão no spotify, mas se estivessem, teriam todas as músicas na minha playlist lá.

// Só quero ver Você (Laura Souguellis & Filipe 202Hitzschky)

Você talvez não conheça a Marina, mas foi ela quem me apresentou essa música. Marina, amo você 3x mais depois dessa. Não parei de ouvir. Tem uma das letras mais lindas que eu já escutei nas músicas brasileiras. Agradeço todos os dias por essa <3 Também não tá no spotify, mas <3

// Senhor, Te amo (Ton Molinari)

Essa música foi tema de uma das minhas maiores experiências com Deus. Ela consegue me tocar no fundo da alma e me põe em conexão com meu Pai de um jeito muito especial… Espero que com você também <3


Você encontra a playlist Yeshua completa (e em construção) lá no spotify. Tenho outras mil lá também mas, se você quiser uma indicação além dessa, ouça a playlist descobertas virtuosas. Você tem alguma indicação lindíssima pra mim?

15 de agosto de 2016 8 comentários
19 Facebook Twitter Google + Pinterest